sábado, 28 de março de 2009

POESIA RETRÔ- A POESIA DE SEMPRE




A idéia é compor poesias que mantenham forte inspiração no passado e que também tenham inspiração no presente. Assim como a moda que a cada estação revela novas releituras, a poesia também pode nos mostrar criações do século XXI com inspiração nos poetas barracos, parnasianos, românticos etc e exprimir essa ''velharia'' utilizando métrica em alguns textos, como nos sonetos. Também são frequentes o uso de temas passadistas, arcaísmos, figuras de linguagem, emocionalismo e conflito interno, isolamento do cotidiano, referências mitológicas e religiosas etc. Não queremos lutar contra a modernidade, pelo contrário, ela nos auxilia muito, mas nem tudo que se faz hoje é válido como nem tudo que se fez ontem era errado.


Se vós vos idenfiqueis com nossos versos, juntai-vos a nós.