sexta-feira, 23 de setembro de 2011

GHAZAL EM ENEASSÍLABOS

Portrait of Paul Hugot (1878)
Author: Gustave Caillebotte



PROSADOR


A M.P.


Ando lendo este mau prosador
E por isto virei seu trovador


O romance sublime que fez
Me mostrou que desejo o escritor


O seu rosto me trouxe palavras
E que tento nos versos compor


As palavras perfeitas que escreve
Me tornaram seu novo cantor


Nos poemas preciso exultá-lo
Revesti-lo de grande louvor


La vem ele na grã procissão
Eu que levo nos ombros o andor


O deus grego caminha elegante
Algum Sol pode ter mais fulgor?


O barão de café, nos meus sonhos,
Surge lânguido em leve palor


Como príncipe, herói de seus contos
E antes mesmo de um beijo d’amor


Ele volta aos romances que escreve
Na fumaça, no fim, no vapor.


Rommel   Werneck

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

MINHA PRIMEIRA TERZA RIMA





TERZA RIMA I


Em teu corpo, enfim, falecer, terminar,
Perder minhas forças, entregar a vida,
Deixar de ser, decair, me matar...

Escravo fiel, uma sombra vencida
Na guerra por teus braços gladiadores
E em teu abandono como suicida

Apanhar de ti, gritar, gozar nas dores
Em êxtases rubros, sádico prazer
Isso é mais sublime que o amor dos amores
Não é amor, é docemente morrer!


Rommel  Werneck





NOTA: 

Publico estes hendecassílabos que acabam de ser feitos pedindo a opinião de meus preciosos leitores e também de Edir Pina e Derek 
provando que quero lhes dar a devida atenção...



sábado, 3 de setembro de 2011

Este espaço entristeceu!



Já não tem mais a vida que tinha antes... o que se passa? O Facebook é bom para divulgação, mas não cumpre a mesma função que este espaço.